Análises do setor com Luiz Moan

De longe, o Transporte Rodoviário de Cargas é o mais utilizado no Brasil. Além de mais eficiência, ainda apresenta o menor custo para curtas e médias distâncias. Mas alguns problemas ainda precisam ser solucionados para que a logística seja mais eficiente. O presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea), Luiz Moan, faz uma análise desse tipo de transporte e aponta algumas necessidades do setor. Veja mais:

ReedAutos: Como sabemos, mais da metade da carga transportada no Brasil é realizada por rodovias. Como você avalia o transporte rodoviário de cargas atualmente?

Luiz Moan: O transporte rodoviário é de extrema importância para a economia brasileira e alguns números apontam que ele chega a 68%. Mas se fizermos uma pesquisa mais aprofundada veremos que esse número é bem maior, já que, se formos avaliar o marítimo e o aéreo, antes ele precisa chegar via rodovias. Mesmo nas longas distâncias, o transporte rodoviário de cargas é fundamental para o crescimento do país.

ReedAutos: A economia brasileira ainda é bastante dependente do transporte rodoviário. A crise econômica atual tem afetado o setor? Se sim, de que forma?

LM:Assim como o Brasil, o setor está passando por um momento de crise. Como houve a queda do Produto Interno Bruto (PIB), há menos carga disponível e os investimentos feitos foram bem menores se compararmos com os anos anteriores.

ReedAutos:Você acha que as empresas têm investido em novas soluções logísticas no Brasil?

LM: A logística hoje é fundamental para o crescimento de qualquer empresa e, para isso, é preciso diminuir os custos. Os investimentos são necessários, já que há uma grande competitividade. Por isso é preciso ter excelência nos serviços e em todas as esferas.

ReedAutos:A idade da frota de veículos – 17 anos – ainda é um desafio a ser vencido ou você acha que ela tem se renovado?

LM: É preciso renovar a frota urgentemente. Um estudo feito pela Anfavea mostra que mais de 240 mil caminhões têm mais de 30 anos, o que significa uma frota muito velha. Além de ser ruim para o transporte, também emite mais gases poluentes do que os veículos mais novos. A renovação é fundamental para o que transporte rodoviário seja cada vez mais eficiente.

ReedAutos: Como você destacaria o papel da Fenatran para o setor?

LM: A Feira é muito importante para o setor, pois mostra aos compradores e as empresas as tendências do mercado de logística, já que reúne os grandes representantes da área, assim como as novas possibilidades de proteção ambiental, transporte e segurança. É também uma possibilidade de conhecer novos produtos de representantes do Brasil e do exterior para se tornar mais competitivo no mercado.

Facebook Comments Box