Caminhões tomam rumo de crescimento

Líderes do mercado já veem retomada a partir deste mês

O mercado de veículos comerciais está como um caminhão que sobe a rampa e para no meio dela: a pausa, que já dura cinco anos, parece começar a perder a vez, fazendo o veículo sair do ponto morto para seguir em frente. Traduzindo, as líderes do segmento apostam em tendência de crescimento para os caminhões já a partir deste mês com ligeira melhora para este ano e para 2018. No entanto, a incógnita ainda é sobre a velocidade dessa retomada. A análise é de dois de seus representantes, Roberto Leoncini, vice-presidente de vendas e marketing da Mercedes-Benz, e Ricardo Alouche, vice-presidente de vendas, marketing e pós-vendas da MAN Latin America, que fizeram seu diagnóstico para o segmento durante o Workshop Planejamento Automotivo 2018, realizado por Automotive Business em 22 de agosto no Sheraton WTC, em São Paulo.

“Agosto é o mês da virada. Não será um aumento expressivo, mas mantidas as condições atuais, o viés é de crescimento”, avalia Alouche.

O executivo mostra em números a razão de seu otimismo: entre janeiro e julho deste ano, embora as vendas de caminhões tenham caído 15% com relação ao ano passado, o volume médio de emplacamentos vem aumentando mês a mês, começando em 154 unidades/dia útil em janeiro e chegando a 295 neste mês, o melhor nível do ano até agora.

 

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions Alcantara Machado sobre o mercado. Para continuar lendo, visite Automotive Business para ler a matéria completa.

Facebook Comments Box