Com modelos que procuram desmistificar a tecnologia do futuro para veículos pesados, o estande da Ford na FENATRAN traz aos visitantes 13 veículos divididos em três setores e identificados por cores: azuis são modelos de linha; brancos, os modelos vocacionais e os vermelhos, protótipos e show trucks.

Nessa última categoria, entre os destaques apresentados pelo diretor de Operações da montadora no Brasil, João Pimentel, está o Cargo Connect, desenvolvido no Brasil e espécie de síntese de tudo que a marca quer popularizar como tecnologia embarcada, como faróis inteligentes, pesagem de carga, assistente autônomo de frenagem, alerta de ponto cego e sistema de diagnósticos para manutenção preventiva, reportada pelo próprio veículo. O executivo também louvou as vendas dos modelos série F e Cargo durante este ano.

Também presente na apresentação para imprensa, o presidente da Ford para América do Sul Lyle Watters mostrou protótipo do Boné Alerta, dispositivo inteligente equipado com sensores que monitoram sinais de sonolência do motorista. Assim como muitos dos celulares atuais, o boné é dotado de acelerômetro e giroscópio. Quando detecta nos motoristas movimentos relacionados à fadiga e relaxamento do tônus muscular, ele emite sinais sonoros, luminosos e vibra. Watters também destacou a crescente regionalização dos serviços da marca para clientes, em áreas como vendas e pós-vendas, engenharia e manufatura.

Os visitantes também terão a oportunidade de ver no estande da marca caminhões como o Cargo 816 e Cargo 1119, o médio Cargo 1519, os pesados Cargo 2429 Torqshift e Cargo 1933 Torqshift e o extrapesado Cargo 2842.

Facebook Comments Box