Iveco faz nova venda recorde de caminhões a gás natural na América do Sul

Por Automotive Business

0
127
Caminhão branco da Iveco parado em local aberto em dia de céu azul

Pouco mais de uma semana depois de anunciar sua maior venda caminhões a gás na América do Sul, com 35 unidades negociadas com uma transportadora do Chile, a Iveco anunciou uma nova negociação recorde, agora de 100 Stralis NP Cursor 13 GNC (gás natural comprimido) para a NRG Argentina, fornecedora de insumos para a indústria petrolífera no país.

“Temos o orgulho de anunciar uma nova operação de venda de caminhões a GNC e afirmar que é a maior operação da região no que diz respeito a combustíveis alternativos”, afirmou Márcio Querichelli, líder da Iveco na América do Sul. “Para a marca, é muito importante construir alianças estratégicas, como no caso da NRG Argentina, onde a tecnologia de nossos produtos é introduzida de forma economicamente sustentável, permitindo o desenvolvimento de soluções de transporte”, acrescentou.

Os caminhões Iveco Stralis NP Cursor 13 adquiridos pela NRG Argentina serão importados da Itália e, segundo a montadora, possuem tecnologia, design e equipamentos superiores aos seus similares movidos a diesel, além de garantir redução de 40% a 50% nos custos com combustível. Os veículos serão usados em trajetos ligando as províncias de Entre Rios, Neuquén e Rio Negro, e por serem movidos a GNC têm redução na de até 90% nas emissões de dióxido de nitrogênio, 99% de partículas e até 95% de dióxido de carbono.

“A aquisição de uma frota de caminhões a GNC é um claro exemplo da importância para a NRG Argentina de incorporar tecnologias e boas práticas que levem em conta o cuidado com o meio ambiente e, ao mesmo tempo, fornecem as soluções que os clientes precisam”, declarou Cesar Güercio, CEO da NRG Argentina. Além dos caminhões a empresa adquiriu 100 contratos de manutenção, e a Iveco vai apoiar a NRG no desenvolvimento de um centro de manutenção exclusivo na base de operações da empresa, em Rio Negro.

Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions. Visite o site Automotive Business e veja a matéria original.

Facebook Comments