Indústria de caminhões começa 2021 em alta

Depois de um 2020 turbulento para todo o setor automotivo, o mercado de caminhões inicia este ano com perspectivas de crescimento e ainda mais aquecido do que o de automóveis.

Com previsão de investimentos em infraestrutura e crescimento de setores como agronegócio, construção civil, farmacêutico e e-commerce, os pesados devem ter destaque neste ano.

“O que acontece é que o setor de caminhões é movido mais pela ótica racional do que a emocional, ao contrário do que acontece com o setor de automóveis. Quando penso em caminhões, a compra realmente só acontece com a precisão”, disse o coordenador de MBA em gestão estratégica de empresas da cadeia automotiva da FGV, Antonio Jorge Martins.

De acordo com o especialista, o cenário é promissor no mercado nacional. “Os investimentos em infraestrutura tendem a permanecer nesse período. O governo tem incentivado privatizações, além disso o agro caminha sozinho”, disse.


Essa é uma seleção de conteúdo da Reed Exhibitions sobre o setor. Para continuar lendo, visite o site Diário do Grande ABC.

Facebook Comments Box